Colocacao-de-filtro-de-veia-cava

Esse filtro impede que coágulos provenientes de trombose venosa profunda provoquem o entupimento das artérias do pulmão.

Como o tratamento é feito?

É inserido pelo cirurgião vascular um tubo de plástico de 3 mm na veia do pescoço ou virilha, sendo guiado até a veia cava inferior, onde o filtro metálico será alocado. Após o término do tratamento, o tubo é novamente inserido com uma ponta em formato de laço, que permitirá a retirada do filtro. Por necessitar de pequeno corte, é recomendável que esse procedimento seja realizado em um centro hospitalar, com anestesia local e sedação, apenas para maior conforto do paciente. Para uma precisão exata de onde o filtro será posicionado, todo o procedimento é feito com o auxílio de aparelho de ultrassom, garantindo, assim, a certeza de um tratamento com alto potencial de resultado.

Quanto tempo demora para fazer o tratamento?

O processo é feito em apenas duas sessões, com aproximadamente 30 minutos cada, sendo uma para inserir o filtro e outra para retirá-lo. Após a realização do procedimento, é necessário repouso de seis horas no hospital, fazendo a compressão no local para que não ocorram sangramentos.

Em quais casos é indicado?

O tratamento é indicado sempre que uma pessoa sofre ou corre o risco de ter trombose venosa profunda ou embolia pulmonar. Existem ainda contraindicações para pessoas que não podem tomar medicamentos coagulantes por algum motivo. Por isso, é necessário check-up completo para averiguar se é o melhor procedimento para o paciente em questão.

Benefícios do tratamento:

Os benefícios variam de acordo com cada necessidade do tratamento. Aqui, concordamos que o maior deles é que o resultado almejado pelo paciente seja alcançado. Porém destacamos alguns outros benefícios:

  • Não necessita de longo repouso
  • Não há internação hospitalar
  • O tratamento não é agressivo
  • Não possui nenhum corte ou perfuração
  • Baixa taxa de complicações
  • Resultados rápidos