Cirurgia de varizes

Através do método convencional e através do endolaser

A cirurgia convencional para a retirada de veias safenas comprometidas consiste na realização de duas incisões na pele, uma na região da virilha e outra na parte interna do joelho, ou na parte interna anterior do tornozelo.

A safena é identificada nesses pontos e isolada, sendo feito um pequeno orifício na parte distal da veia, introduz-se internamente um fino cabo de aço por toda a extensão da mesma até a virilha, onde é realizado a ligadura e o corte da veia, fazendo-se em seguida a sua extração no sentido de cima para baixo.

A cirurgia com associação do endolaser é um método minimamente invasivo, no qual é realizada para tratar dilatações venosas, principalmente nas veias safenas e veias perfurantes. Ocorre o fechamento da veia após o calor gerado pelo laser, sem a necessidade da remoção cirúrgica.

É realizada uma pequena incisão na pele, através da qual é introduzida uma fibra óptica diretamente na veia. Os pulsos de energia do laser são liberados ao longo da veia para promover a oclusão total da mesma. Esta técnica permite a possibilidade de tratamento com anestesia local com sedação leve em muitos casos, sem necessidade de internação prolongada ou anestesias mais complexas.

cirurgia de varizes

cirurgia de varizes

cirurgia de varizes